Novembro Azul, cuide-se!!

No Brasil, em 2011, foi lançada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, a campanha Novembro Azul. Seu objetivo é alertar a todos sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata, que em 2018, levou ao óbito 15.576 homens no país. Dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer) indicam que 68.840 novos casos de câncer de próstata foram diagnosticados em 2020.

Você sabia que no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens com mais de 50 anos ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma? É o tipo de tumor que pode crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos e podendo levar à morte. Mas a maioria cresce tão lentamente levando cerca de 15 anos para atingir 1 cm³ sem dar sinais ou ameaçar a saúde do homem. Por isso, normalmente aparecem em um estágio mais avançado, representando 95% dos casos.

Apesar de homens tentarem ser invencíveis, a história já nos mostrou que essa não é bem a verdade. Somos todos seres humanos e ninguém está livre de ser abalado por uma doença, seja ela física ou mental. Por isso, nós da Admiral Seguros queremos neste mês de novembro conscientizar a sociedade, e em especial, a população masculina da necessidade de cuidar do seu corpo e também da sua mente.

Confira os sintomas que são suspeitos e merecem uma consulta ao médico:

• Sensação de que sua bexiga não se esvaziou completamente e ainda persiste a vontade de urinar.
• Dificuldade de iniciar a passagem da urina.
• Problemas para interromper o ato de urinar.
• Urinar em gotas ou jatos sucessivos.
• Necessidade de fazer força para manter o jato de urina.
• Vontade incontrolável de urinar mesmo quando a bexiga não está cheia.
• Sensação de dor na parte baixa das costas ou na pélvis (abaixo dos testículos).
• Problemas em conseguir ou manter a ereção.
• Sangue na urina ou no esperma (esses são casos muito raros).
• Dor durante a passagem da urina ou nos testículos.
• Ejaculação dolorida.
• Dor lombar, na bacia ou nos joelhos
• Sangramento pela uretra.

Câncer de próstata avançado
Na fase avançada, o câncer de próstata pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal. Por isso, é importantíssimo que os homens desenvolvam o hábito de prestar atenção ao seu organismo para observar sintomas repentinos e alterações. Assim, podem procurar um médico para tirar dúvidas, ser orientados e tratados.

Fatores de risco

A doença é definida como hereditária, quando:
• Três ou mais parentes de primeiro grau são afetados.
• Dois parentes de primeiro grau forem diagnosticados antes dos 55 anos de idade.
• Quando acontecer em três gerações consecutivas (avô, pai e filho).
• Na presença de alguns desses critérios, o risco de desenvolver a doença é de 50%.

Idade
Assim como em outros tipos de câncer, a idade é um marcador de risco importante, ganhando um significado especial no câncer da próstata, uma vez que tanto a incidência como a mortalidade aumentam exponencialmente após os 50 anos.

Alimentação
A influência da alimentação sobre a formação do câncer ainda é incerta, não sendo conhecidos os exatos componentes ou mecanismos pelos quais ela pode influenciar o desenvolvimento da doença. As evidências apontam que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e pobres em gordura, principalmente as de origem animal, não só ajuda a diminuir o risco de câncer, como também o risco de outras doenças crônicas não transmissíveis.

O consumo de frutas, vegetais ricos em carotenoides (como o tomate e a cenoura) e leguminosas (como feijões, ervilhas e soja) tem sido associado a um efeito protetor. Além desses, alguns componentes naturais dos alimentos, como as vitaminas (A, D e E) e minerais (selênio), também parecem desempenhar um papel benéfico na prevenção da doença. Já outras substâncias geradas durante o preparo de alguns alimentos, podem aumentar o risco de câncer da próstata.

Obesidade, tabagismo e consumo de álcool
Outros fatores cujas associações com câncer da próstata foram detectados em estudos que incluem consumo excessivo de álcool e tabagismo. Homens com sobrepeso e obesos também possuem maior risco de desenvolver câncer de próstata.

Raça
Homens negros, pelo fator genético, têm mais casos deste tipo de câncer.

Prevenção
Fazer exames periodicamente é a melhor maneira de identificar o câncer de próstata em estágio inicial, uma vez que não há prevenção contra a doença. A detecção precoce do câncer de próstata tem 90% de chances de cura. Sociedades médicas recomendam que homens a partir dos 50 anos de idade façam o exame de próstata anualmente e, acima dos 45, caso esteja inserido nos fatores de risco.

O ritual compreende o toque retal e o exame de sangue, para checar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico). Havendo alguma suspeita, o paciente deve se submeter à biópsia da próstata. O toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame, como o ultrassom. Somente com o resultado dessa análise do tecido é que poderá ser fornecido o diagnóstico. Para prevenir o câncer de próstata, a consulta médica e exames periódicos são essenciais.

Importante:
A ausência dos sintomas não garante que não há problemas com a saúde do homem. Portanto, realize os exames preventivos anualmente e fique atento para mudar os fatores de risco que independem da genética.

Fonte de consulta: INCA

Ao clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site, analisar o uso do site e ajudar em nossos esforços de marketing.

Privacy Settings saved!
Gerenciar preferências de consentimento

Quando você visita um site, ele pode armazenar ou coletar informações no seu navegador, principalmente na forma de cookies. Essas informações podem ser sobre você, suas preferências ou seu dispositivo e são usadas principalmente para fazer o site funcionar como você espera. As informações normalmente não o identificam diretamente, mas podem oferecer uma experiência na web mais personalizada. Como respeitamos seu direito à privacidade, você pode optar por não permitir alguns tipos de cookies. Clique nos títulos das diferentes categorias para saber mais e alterar nossas configurações padrão. No entanto, o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência no website e os serviços que podemos oferecer. Política de Cookies

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Podem configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.


Aceitar todos os cookies