Coparticipação

O que é coparticipação?

De acordo com a Agência Nacional de saúde Suplementar (ANS), coparticipação é o valor que o beneficiário de um plano de saúde paga para a seguradora depois de realizar um procedimento, como consultas e exames. Por isso, o plano de saúde com coparticipação é mais barato do que os convencionais.

Geralmente, a coparticipação é paga mensalmente e o valor varia de uma operadora para outra, podendo ser uma porcentagem ou um valor fixo. Porém, a cobrança sempre deve estar de acordo com as normas da ANS.

Normas da ANS para cobrança do plano de saúde com coparticipação

Segundo a ANS, o valor pago pela coparticipação pode ser fixo ou uma porcentagem do procedimento. Mas, esse valor não pode ser maior do que a mensalidade do plano e/ou as doze parcelas do ano.

Além disso, a porcentagem máxima de coparticipação para exames e consultas é de 40%. Já no caso do atendimento em pronto socorro é obrigatório que a coparticipação tenha um valor fixo que não ultrapasse 50% da mensalidade do plano.

A ANS também rege que as operadoras não podem cobrar coparticipação diferenciada de acordo com a doença nem limitar o número de alguns tratamentos crônicos, como hemodiálise e quimioterapia.

Desde 2018, a Agência também isentou mais de 250 procedimentos da coparticipação. Agora, os beneficiários têm direito a 4 consultas por ano nas especialidades de clínica geral, pediatria, geriatria, ginecologia e médico de família.

Outros procedimentos isentos de coparticipação são internações, os exames preventivos, como mamografia e pré-natal. Porém, também há um número limite para utilização desses serviços sem custo adicional.

Como é feita a cobrança?

A cobrança da coparticipação varia de acordo com o plano que você contratar.
No caso no plano individual e coletivo por adesão, a cobrança é feita na fatura mensal junto com a mensalidade fixa.

Por outro lado, nos planos empresariais, a cobrança é realizada diretamente na folha de pagamento do colaborador. Geralmente, a empresa fica responsável por pagar a mensalidade, e o colaborador a coparticipação.

Para quem o plano de saúde com coparticipação é indicado?

Como o valor da mensalidade do plano de saúde com coparticipação pode variar de um mês para o outro, ele é indicado principalmente para quem não tem problemas crônicos de saúde e usa o convênio de forma mais pontual.

No caso de idosos ou indivíduos com comorbidades crônicas, que precisam realizar várias consultas e exames, um plano de saúde com coparticipação pode não ser vantajoso financeiramente.

Essa modalidade também pode ser uma boa opção para as empresas que querem reduzir custos com planos de saúde, pois a mensalidade é mais barata do que o plano sem coparticipação.

Nesses casos, o colaborador também pode ser beneficiado, pois ele precisará pagar a coparticipação apenas quando usar.

Qual o intuito da coparticipação?

O principal motivo da coparticipação é reduzir o nível de utilização “indevida”, pois a “copay”, inibe aquele colaborador que utiliza do plano de saúde de forma inadequada.
Assim, o colaborador somente desembolsa o valor em caso de utilização. Consultas, exames ou Pronto Socorro, Internação em linhas gerais, não se aplica coparticipação.

Diferença entre coparticipação e contribuição

coparticipação é quando um funcionário paga parte de um procedimento médico coberto pelo plano.
contribuição é qualquer valor pago pelo empregado para custear parte ou integralmente a mensalidade do plano de saúde.

Qualquer dúvida entre em contato com seu consultor Admiral,

(11) 2195-3700

www.admiralseguros.com.br

Ao clicar em "Aceitar todos os cookies", você concorda com o armazenamento de cookies no seu dispositivo para melhorar a navegação no site, analisar o uso do site e ajudar em nossos esforços de marketing.

Privacy Settings saved!
Gerenciar preferências de consentimento

Quando você visita um site, ele pode armazenar ou coletar informações no seu navegador, principalmente na forma de cookies. Essas informações podem ser sobre você, suas preferências ou seu dispositivo e são usadas principalmente para fazer o site funcionar como você espera. As informações normalmente não o identificam diretamente, mas podem oferecer uma experiência na web mais personalizada. Como respeitamos seu direito à privacidade, você pode optar por não permitir alguns tipos de cookies. Clique nos títulos das diferentes categorias para saber mais e alterar nossas configurações padrão. No entanto, o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência no website e os serviços que podemos oferecer. Política de Cookies

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Podem configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.


Aceitar todos os cookies